Trincheira

Trincheira – Residência Artística é uma plataforma criativa que realiza e desenvolve mecanismos, ações, proposições e metodologias artísticas; uma organização cultural gerido de forma autônoma e independente por Clara Bastos (produtora e realizadora) e Eric Barbosa (artista sonoro e produtor)  cuja experiência em movimentos artísticos, culturais e micropolíticos nas linguagens das artes visuais, artes digitais, audiovisual, música, dança, performance, arte sonora e seus hibridismos – potencializam  criando novas narrativas de atuação na cidade de Fortaleza, Ceará.

Sediada no residencial Dona Bela edificação construída na década de 50 (em processo de tombamento pelo IPHAN) situado na região central da cidade de Fortaleza, Ceará – Brasil. A Trincheira Residência tem como conceito de trabalho processos criativos e colaborativos desenvolvido por artistas, pesquisadorxs, ativistxs, produtorxs e gestorxs – que objetivam atuar nos seus respectivos campos de criação em uma amplitude nacional, latino-americana e mundo – potencializando linguagens artísticas como um caminho para o fortalecimento de uma identidade cultural.

 

Objetivos

  1. Desenvolver projetos nas áreas de audiovisual, arte sonora, artes visuais, música, arte digital, performance, literatura e artes plásticas;
  2. Criar processos colaborativos de produções, pesquisas, realizações e criações entre artistas na cidade de Fortaleza, Ceará; dialogando com artistas de diversas partes do Brasil e Mundo;
  3. Difundir e potencializar o conceito de residências artísticas em cadeia de atuação criativa e colaborativa na América Latina;
  4. Realizar pesquisas, ações e investigações nos campos artísticos propostos e de suas ramificações; contemplando suas diretrizes de escoamento de produção cultural, social e simbólica;
  5. Criar metodologias e projetos artísticos para instituições, centros culturais, cooperativas, associações com foco nas micropolíticas
  6. Desenvolver processos criativos e de cooperação entre artistas e instituições;

 

Projetos


CineJanela: Cineclube artivista de rua é o que propõe o #CineJanela – projeto baseado nos conceitos de cinema expandido – onde a rua/paredes de um dado espaço vira uma sala de cinema a céu aberto.

Percurso Instalativo Sonoro: uma expedição com intuito de realizar um mapeamento cartográfico sonoro que deriva por processos independentes, mas que se ligam enquanto obra, quais sejam: o de captação de sons, manipulação e criação de imagens e de exposição em caráter de instalação sonora, destes sons captados em um desenvolvimento de processos e registros.

Praia à Noite: Produtora independente com larga atuação e colaboração no audiovisual cearense e brasileiro – por meio da realização de curtas e longas metragens exibidos e premiados em diversas partes do mundo, assim como desenvolvendo projetos em importantes etapas como produção e realização de filmes. Como extensão de atividades, desenvolve projetos nos campos das artes visuais (exposições, publicações, mapeamentos etc), performance (instalações) e literatura ( seminários, livros etc.)

Zuada: Apresentar de forma experimental e inventiva – produções e criações de artistas visuais, compositores, músicos, compositores, poetas e performers da cidade Fortaleza, Ceará e cidades/estados visitantes.

Artesania Sonora: Projeto oriundo do Laboratório-Oficina: Criação e Customização de Pedais e Efeitos Sonoros – a proposta aborda e ensina conceitos tecnológicos e musicais na construção de efeitos analógicos sonoros O projeto tem como principio trabalhar com parte de materiais oriundos de lixos eletrônicos, pensando em um processo de ressignificação de produtos eletrônicos já existentes como consumo na sociedade;

Sala Vazia: Projeto de criação e pesquisa artística desenvolvido conjuntamente com o Salão das Ilusões (espaço cultural) na cidade de Fortaleza, potencializando produções pesquisas, estudos e criações na América Latina, sob o conceito de residência artística. Convocando artistas para pensar, criar, reinventar a cidade de Fortaleza sob seus olhares e vivências.

TrincheiraEstúdio: Espaço de criação, edição, gravação, mixagem e finalização em música, artes visuais, arte sonora e métodos instalativos (Stereo / 5.1). Em seus trabalhos o estúdio já desenvolveu produções de álbuns, músicas, instalações, performances, edições e mixagens de curtas metragens, documentários e longas – ampliando realizações e produções em lançamentos de videoartes, discos e consultorias de áudio e sonorização.

Gambiarra Tecnológica Solidária: Gambiarra Tecnológica Solidária é um projeto de formação educacional que busca uma arrecadação de materiais eletroeletrônicos obsoletos com foco em reapropriação tecnológica; utilizando para diversos fins e possibilidades alternativas de criação de novos produtos artísticos, inventivos e inovadores. Parte da arrecadação é utilizada em cursos de formação livre na área de cultura e arte digital, adotando princípios de metareciclagem, ecologia, sustentabilidade e economia criativa.

Processos Criativos em Performance e Instalação Sonora: Projetos de formação derivados de processos imersivo sonoro no que tange os conceitos de intervenção, instalação e exposição – fundamentando esta formação em conceitos de site-specific, arte sonora, improvisação livre, arte-ruído, sistemas imersivos, soundtrification e performance sonora-espaciais.

Circuito Latino-Americano de Performance, Imagem e Arte Sonora: Desenvolvida pela Trincheira é uma cartografia/mapeamento que surgiu como fruto de colaborações mútuas de espaços artísticos e residências latino-americanas do Brasil, Argentina, Peru, Uruguai e Colômbia – criando obras sonoras, visuais e de pesquisas (artigos, textos) de um contexto latino-americano integrado artísticamente. Integram a inciativa, os seguintes espaços:  Trincheira (Fortaleza, Brasil), La Cúpula Galeria Media Lab (Córdoba, Argentina), Ceiarte/UNTREF (Buenos Aires, Argentina), P.A.R – Programa de Residência (Asunção, Uruguai) Cine Olaya (Lima, Peru) e Platohedro (Medellin, Colômbia).