[re]ações micropolíticas na cultura

Durante os meses de novembro e dezembro de 2019 – Sala Vazia realizará ações de ocupação artística em espaços públicos e independentes de Fortaleza (Ceará); Itinerâncias/Circulação na América Latina e estreitando novos caminhos em contextos afro-diaspóricos em cidades nordestinas – desenvolvendo pontes de criação/difusão com artistas, espaços independentes e instituições brasileiras e européias. O tema desta edição é [re]ações micropolíticas na cultura – que busca uma reflexão entre artistas diante de um colapso social instaurado nas relações institucionais e de fomento à cultura brasileira. Como criar mecanismos de sobrevivência? Como expandir nossas atuações em territórios de vulnerabilidade social? Por meio destas inquietações, interlocuções e diálogos foram sendo costuradxs com artistas, gestorxs, pesquisadorxs e comunidade para uma potencialização de rupturas de normas e padrões estabelecidos.

Neste contexto, artistas do Brasil, Noruega e Suíça promovem atividades, formações, encontros e apresentações em áreas e territórios na cidade de Fortaleza (Ceará) por meio da #OcupaçãoSalaVazia que realizará encontros e apresentações no Centro Cultural Bom Jardim (Bom Jardim), Centro Cultural Banco do Nordeste (Centro), Trincheira Residência (Centro) e Centro Cultural Belchior (Praia de Iracema) – com apresentações e rodas de conversa com Eric Barbosa (BRA), Kiko Dinucci (BRA), Paal Nilssen Love (NOR) e Luigi Archetti (SUI).

Sala Vazia Residência Artística realiza a #OcupaçãoSalaVazia que tem como idéia expandir seu campo de atuação na cidade de Fortaleza (Ceará); pensando territórios sociais, contextos híbridos e novas linhas de atuação na arte contemporânea.

No dia 19 de novembro às 19h quem recebe a programação da #OcupaçãoSalaVazia é o Centro Cultural Belchior com concerto de Kiko Dinucci (BRA) e Paal Nilssen Love (NOR). Em ambas as apresentações, Eric Barbosa (BRA) participa adicionando percussão e eletrônicos nas performances sonoras – estreitando pontes criativas entre os músicos e criadores.

Paralelamente, a #OcupaçãoSalaVazia realiza formações educativas em arte e tecnologia, como a oficina: Artesania Sonora Lab: Criação de Efeitos Sonoros com Eric Barbosa e Jones Xavier e uma pequena mostra de trabalhos e obras artísticas desenvolvidas por residentes na edição: América Latina da Sala Vazia, como: Bella (RJ) e Veronica Cerrota (ARG).

Esta é uma ação realizada pela Sala Vazia Residência Artística com o apoio internacional do Norsk Jazz Forum, Music Norway, Royal Norwegian Ministry of Culture, Fond for Utovende Kunstnere, KulturRadet – Arts Council Norway e apoio institucional da Prefeitura Municipal de Fortaleza, Instituto Cultural Iracema e Centro Cultural Belchior.

Todas as atividades da #OcupacaoSalaVazia são gratuitas.