a casa do sapo

Rio de janeiro, 1975 _

Gosto do seu Ferreira, o porteiro do prédio onde eu moro. Ele é um homem sério. Quando escuto a musica do sapo cururu penso que o sapo mora na casa do seu Ferreira, que é uma casa cor de rosa no térreo do nosso prédio, em um lugar escuro com um jardim na frente. Penso que atrás da casa talvez tenha um lago e talvez la more o sapo.